Loading


Autor Tópico: Machinekit - Alguém usando?  (Lida 151 vezes)

Description:

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline sherring

  • Novato
  • *
  • Posts: 2
  • Sexo: Masculino
  • Forum GUIA CNC - A Maior comunidade CNC do Brasil
  • Cidade - UF: Belém - Pará
  • Nome:: Paulo Augusto Sherring da Rocha Junior
  • Profissão: Engenheiro Eletricista
Machinekit - Alguém usando?
« Online: 10 de Outubro de 2017, 12:17 »
Oi, pessoal, sou Paulo Sherring, novo aqui no forum. Sou pesquisador da área de controle de movimento e fiquei sabendo do projeto Machinekit, spin-off do LinuxCNC. Montei um controlador baseado em beaglebone black (beaglebone green, na verdade), machinekit e a placa que desenvolvi para usar na minha pesquisa. Conforme eu criar a documentação, vou colocando aos poucos aqui as coisas, mas, queria saber: alguém aqui usando o machinekit? Ou usando o LinuxCNC sem ser com as configurações básicas do live CD?
[size=78%]Saudações![/size]



Online F.Gilii

  • Administrador
  • CNCMASTER
  • *******
  • Posts: 13496
  • Sexo: Masculino
  • Consultoria, Automação e Construção de Máquinas
  • Cidade - UF: Atibaia - SP
  • Nome:: Fabio Gilii
  • Profissão: Tec. Mecanica de Precisão
Re:Machinekit - Alguém usando?
« Resposta #1 Online: 10 de Outubro de 2017, 16:59 »
Olá Paulo,

Seja bem vindo - Há alguns que usam o EMC² - eu particularmente não uso (já usei) mas é sempre bom se manter atualizado portanto, será interessante ver o desenrolar da coisa - sinta-se à vontade em nos participar de suas descobertas...

Obs. apesar de não usar por um bom tempo, tenho interesse em usar o PathPilot e alguma coisa referente à CLP interno do EMC

Offline sherring

  • Novato
  • *
  • Posts: 2
  • Sexo: Masculino
  • Forum GUIA CNC - A Maior comunidade CNC do Brasil
  • Cidade - UF: Belém - Pará
  • Nome:: Paulo Augusto Sherring da Rocha Junior
  • Profissão: Engenheiro Eletricista
Re:Machinekit - Alguém usando?
« Resposta #2 Online: 11 de Outubro de 2017, 16:44 »
    Primeiramente, se estiver no post errado, por favor, moderadores, informem para que eu possa remanejar e peço adiatadas desculpas.
   Então, vou falar um pouco sobre a estrutura que montei aqui. Eu havia comprado uma máquina, modesta em tamanho, mas, tentando fugir dos erros mais comuns que eu cometi antes, principalmente no que diz respeito a estrutura – seria a minha terceira máquina, desde 2010. A máquina é de 600 x 450 x 100 mm³, com uma tupia makita no lugar do spindle, que eu tenho a pretensão de fazer upgrade para spindle, mas, ainda não me apareceu a oportunidade (R$). Sou aluno e pesquisador da área de controle de movimento e amante de CNC, então, comprei a máquina para hobby e para suporte à minha pesquisa.
   A máquina veio com uma placa de interface paralela, que funcionava com o Mach 3, que aliás, é um programa bem legal. Contudo, na minha pesquisa, estou desenvolvendo um controlador para CNC com maior capacidade de configuração nas rampas de aceleração e desaceleração e, para isso, decidi usar a Beaglebone Black (BBB).
   Fiz uma placa de interface, com as saídas que eu bem entendi e lá pelas tantas, há coisa de um mês atrás, descobri o MachineKit, uma versão spin-off do LinuxCNC, que surgira inicialmente para a BeagleboneBlack, mas, que já tinha expandido para outras plataformas, até mesmo para x86-64. Foi quando percebi que poderia usar a estrutura na qual eu estava desenvolvendo o meu trabalho para controlar de verdade a máquina, já ainda estou desenvolvendo tudo e ainda não está pronto para um ambiente de produção – ainda que em nível de hobby.
Percebi que as entradas e saídas que estava usando conflitavam com a saída HDMI da placa, então, usar a interface direta na BBB não seria uma opção. Então, encontrei um repetidor de sinal que tinha comprado e estava sem uso, pois a rede daqui de casa nunca se deu bem com o tal repetidor.    Coloquei ele como roteador e acesso a rede sem fio que ele cria para ter acesso remoto à BBB e foi só sucesso. A conexão ficou estável e rápida, porém de curto alcance (~6m) se eu quisesse manter a velocidade rápida, mas, já me bastava, só de poder usar o notebook para controlar a máquina já estava de bom tamanho.
   Estuedei algumas aplicações do LinuxCNC e MachineKit, porém não encontrei uma forma de interface remota, por rede, para controlar a máquina. Então, procurando por alternativas, descobri que usando o SSH, eu poderia redirecionar o display para o cliente SSH, no caso, o notebook ou qualquer computador interessado em usar a máquina CNC. O legal disso é que funciona em qualquer computador e em qualquer sistema operacional, apenas instalando alguns poucos programas – ou nenhum, no caso do Linux e do OSX. (Pelo menos foi o que conclui com os testes que tenho feito).
   Enfim, algumas vantagens do uso da BBB para o controle de CNC:
 
  • Baixo jitter – pra não dizer nulo – devido como o MachineKit lida com a geração de pulsos: usa um co-processador para gerar os pulsos, tendo uma temporização extremamente exata e de alta repetibilidade, já que o co-processador não executa um sistema operacional.
  • Baixo custo de aplicação – discutível se você tem à disposição um computador antigo com uma porta paralela, que normalmente sái de graça para você. Tudo o que você precisa é de uma Beaglebone Black/Green (45 USD), uma breakout board, que pode sair por 65 USD ou menos.
  • Segurança, confiabilidade e flexibilidade de um sistema baseado no LinuxCNC.
  • Baixo consumo de energia, pelo menos em relação a usar um PC para o controle.
  • Precisa também de alguma paciência e muita perseverança, pois ô negócio chato isso de Linux embarcado!

 
Por enquanto, é isso, mais pra frente escrevo sobre como configurar o MachineKit para utilizar uma placa de interface qualquer, como foi o caso da minha.
PS.

Offline rymaeda

  • Fuso
  • **
  • Posts: 189
  • Sexo: Masculino
  • Inkscape-Cambam-KiCAD-LibreCAD-LinuxCNC-ViaCAD
Re:Machinekit - Alguém usando?
« Resposta #3 Online: 14 de Outubro de 2017, 17:26 »
Sherring,


Muito bacana sua mensagem, uns 3 meses atrás, quando morreu minha cpu, até procurei algo do tipo mas para o raspberry pi. Beaglebone? Nem imaginava o que era.


Até já comprei outro micro mas acho que vou acabar investindo num bbb com monitor touch que deve sair por um valor próximo dos 350 que investi na nova cpu... pena que já me dei os presentes de dia das crianças e de aniversário  ::)


Certamente acompanharei este tópico.


Valeu


Ricardo Maeda