Autor Tópico: Spindle com Inversor de frequência  (Lida 74699 vezes)

Description:

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline fcamargo

  • Produzindo equipamentos e dispositívos
  • CNCMASTER
  • ******
  • Posts: 2975
  • Sexo: Masculino
  • www.faraos.net
    • industria de máquinas
  • Cidade - UF: Curitiba
  • Nome:: Fábio Aurélio Camargo
  • Profissão: fabricante de routers
Re: Spindle com Inversor de frequência
« Resposta #90 Online: 25 de Julho de 2008, 00:20 »
eu literalmente colei um trermometro nele.... daqueles pequenos... e fui acompanhado durante o dia..
43 graus no máximo



Offline Acruwer

  • CNCMASTER
  • ******
  • Posts: 1963
  • Sexo: Masculino
  • Acruwer
Re: Spindle com Inversor de frequência
« Resposta #91 Online: 25 de Julho de 2008, 17:21 »
vou deixar um tempo ele ligado e vou medir a temperatura..

Abraços...

spiner

  • Visitante
Re: Spindle com Inversor de frequência
« Resposta #92 Online: 31 de Outubro de 2008, 06:52 »
olá galera... desculpa eu me menter nos assuntos dos outros. entrei nessa de cnc para poder construir outra máquina, cortei algumas peças na lgv, ficaram bem mais baratas que em outro processo de usinagem, precisão, sem rebarbas e qualquer outro tipo de avaria normalmente causadas pelo manuseio do material, alumínio mesmo de 19 mm marca, cria "beiço" com qualquer impacto. não sei placa de 25 mm, mas de 19 mm na medida de 1000 mm x 900 x 19.05, creio que hoje ficará uns 1.500 reais na sometais. uma pena, eu também tenho que comprar materiasi láaaaaaaaaaaa em sampa. ei moderadores sortudos... tudo bem na esquina....

Offline YRD

  • CNCMASTER
  • ******
  • Posts: 1065
  • Sexo: Masculino
  • MechMate #17
  • Cidade - UF: Brasília - DF - Brasil
  • Nome:: Yuri - Mechmate #17
Re: Spindle com Inversor de frequência
« Resposta #93 Online: 10 de Abril de 2009, 23:00 »
Cabo para inversor.

Pelo que andei lendo, parece que ninguém está usando um cabo blindado muito menos o aterramento.

A qeustão é:
1- Sem o aterramento, pode-se queimar o inversor ?
2- Pode-se aterrar apenas entre o inversor e o motor ?
3- Sem blindagem como fica a questão da interferência que o inversor "cria" e este podendo afetar no posicionamento do motor de passo.

Segue PDF de cabos Belden (ainda não sei o custo, mas outro concentrico blindado consegui a R$ 8,87 o metro  ::)  )

Offline Acruwer

  • CNCMASTER
  • ******
  • Posts: 1963
  • Sexo: Masculino
  • Acruwer
Re: Spindle com Inversor de frequência
« Resposta #94 Online: 10 de Abril de 2009, 23:13 »
Acredito que a melhor alternativa para evitar problemas seria a de utilizar o cabo blindado, aterrando a malha.. mas na minha, como o comprimento necessário era pouco, utilizei o cabo simples mesmo.. nao notei problemas..

O ideal é dar uma consultada no manual do inversor que lá tem o cabo ideal a ser utilizado pelo seu inversor..

Abraços

Offline F.Gilii

  • Administrador
  • CNCMASTER
  • *******
  • Posts: 13795
  • Sexo: Masculino
  • Consultoria, Automação e Construção de Máquinas
  • Cidade - UF: Atibaia - SP
  • Nome:: Fabio Gilii
  • Profissão: Tec. Mecanica de Precisão
Re: Spindle com Inversor de frequência
« Resposta #95 Online: 11 de Abril de 2009, 08:20 »
Yuri,

Usei cabo comum PP de 3 vias para alimentar o motor e este cabo passou pela mesma esteira por onde passavam cabos de alimentação dos motores de passo, e não tive problemas.

Na verdade esta opção foi uma loteria, pois se desse algum problema a minha segunda opção era trocar por um cabo blindado que seria aterrado do lado do inversor apenas.

A opção foi preço - esteja preparado para quaisquer eventualidades

Offline YRD

  • CNCMASTER
  • ******
  • Posts: 1065
  • Sexo: Masculino
  • MechMate #17
  • Cidade - UF: Brasília - DF - Brasil
  • Nome:: Yuri - Mechmate #17
Re: Spindle com Inversor de frequência
« Resposta #96 Online: 11 de Abril de 2009, 09:09 »
Gilii,

Deixa ver se eu entendi: você aterraria entre o motor e o inversor OU entre o inversor e o "terra" ? ;D

Não sei, tudo parece funcionar com todos (inclusive o meu) sem blindagem e terra... agora fica aquela questão: então porque existe ? :-[

Offline F.Gilii

  • Administrador
  • CNCMASTER
  • *******
  • Posts: 13795
  • Sexo: Masculino
  • Consultoria, Automação e Construção de Máquinas
  • Cidade - UF: Atibaia - SP
  • Nome:: Fabio Gilii
  • Profissão: Tec. Mecanica de Precisão
Re: Spindle com Inversor de frequência
« Resposta #97 Online: 11 de Abril de 2009, 09:38 »
Yuri,

Supondo existir um aterramento para a máquina toda, haverá um fio que liga o chassi do inversor neste terra, e a malha do cabo blindado vai ligado a um terminal de terra no inversor - provavelmente este terminal estará aterrado na máquina (no chassi do inversor)

Não aterre o cabo na outra extremidade, junto ao motor.

joelbernardo

  • Visitante
Re: Spindle com Inversor de frequência
« Resposta #98 Online: 11 de Abril de 2009, 13:04 »
olá meu caro..! pelo que percebi nas suas fotos a sua eletrônica seria uma CNC3AX?
ou estou enganado.. poderias me confirmar e qual  a sua opiniao sobre a mesma caso seje ..
Valeu e aguardo.

Offline Alebe

  • CNCMASTER
  • ******
  • Posts: 3662
  • Sexo: Masculino
  • Cidade - UF: São Paulo - SP
  • Nome:: Alexandre
Re: Spindle com Inversor de frequência
« Resposta #99 Online: 11 de Abril de 2009, 15:22 »

Joel,
Procure colocar o nome do amigo ao qual vc dirige a pergunta.  ;)
Uso uma cnc3ax e, se posso dar minha opinião, ela tem me atendido bem dentro das possibilidades que se propõe e da minha máquina.

Se pretende construir uma máquina para hobby acho que ela é uma boa escolha.

hercules.carvalho

  • Visitante
Re: Spindle com Inversor de frequência
« Resposta #100 Online: 13 de Abril de 2009, 09:35 »
Senhores;

Seria muito interessante que vocês detalhassem melhor o tipo de aplicação das suas máquinas (tamanho da área de trabalho, resolução, etc). Me parece que vocês trabalham com usinagem pesada (em relação a algumas aplicações, claro).

Depois de pesquisar um pouco sobre os motores que vocês descrevem aqui, concluí que estes motores são muito pesados (5Kg aprox).

Para aplicações menores (placas de eletrônica, usinagem de plásticos, etc) acredito que motores DC sem escovas são melhores porque são mais leves. O custo é aproximadamente o mesmo (driver+motor = inversor + motor). A rotação e o torque pode ser um diferencial em favor dos motores AC porque para os motores DC a faixa é de somente 4400RPMs e o torque é menor para o mesmo tamanho de motor. Por outro lado, 4400RPMs e o torque apresentados pelos motores DC, a meu ver, são mais do que suficientes para a maioria das aplicações.

Outro ponto que gostaria muito de ter informações é sobre o mandril. Retirei um de uma furadeira Bosh e acredito que esta é a melhor solução. A fabricação de um exclusivamente para a máquina seria desnecessária a meu ver.

Se estiver errado, por favor informem.

Aguardo notícias.

hercules.carvalho

  • Visitante
Re: Spindle com Inversor de frequência
« Resposta #101 Online: 13 de Abril de 2009, 09:37 »
Para quem não entendeu:

Madril é o "porta-pinça"

Offline F.Gilii

  • Administrador
  • CNCMASTER
  • *******
  • Posts: 13795
  • Sexo: Masculino
  • Consultoria, Automação e Construção de Máquinas
  • Cidade - UF: Atibaia - SP
  • Nome:: Fabio Gilii
  • Profissão: Tec. Mecanica de Precisão
Re: Spindle com Inversor de frequência
« Resposta #102 Online: 13 de Abril de 2009, 09:57 »
4400RPMs e o torque apresentados pelos motores DC, a meu ver, são mais do que suficientes para a maioria das aplicações.
Dependendo da aplicação (usando como exemplo a feitura de placas C.I.) 4.400 não são suficientes - poderá usar uma multiplicação para aumentar a rpm, mas lembrando sempre que o torque cai proporcionalmente.

Citar
...Retirei um de uma furadeira Bosh e acredito que esta é a melhor solução.
Pode até ser usado, mas de longe é o ideal.

Citar
A fabricação de um exclusivamente para a máquina seria desnecessária a meu ver.
Um ponto de vista apenas - dependendo da necessidade, a construção de um eixo exclusivo para usinagens será mais que necessário - eu diria indispensável.
« Última modificação: 13 de Abril de 2009, 10:01 por fgilii »

hercules.carvalho

  • Visitante
Re: Spindle com Inversor de frequência
« Resposta #103 Online: 13 de Abril de 2009, 11:58 »
Fábio;

Pelo que entendi será então necessário utilizar o motor AC (apesar de seu peso) para usinar placas de fenolite, fibra de vidro (PCI) ou madeira porque ele poderá atingir rotação mais elevada.

O que você acha de usar um eixo secundário acoplado por polias e correias de borracha para multiplicar a rotação do motor DC? Se o eixo for bem montado (rolamentos, boa inércia, balanceamento, etc), acredito que seria uma solução para o problema de se atingir altas rotações com motores DC e consequentemente ter um conjunto mais leve.

O motor DC pesa aproximadamente 1,3Kg. O maior problema que vejo em utilizar motores AC são os 5Kg de peso desse tipo de motor (menor motor AC com carcaça de alumínio que encontrei no site da WEG). Então o peso do spindle + carro que o motor do eixo Z terá que tracionar será muito elevado. Mais peso = motores de passo maiores = mais dinheiro.

Outro ponto é o mandril. Após seus comentários, acredito que para altas rotações o balanceamento seria melhor com um mandril torneado para tal fim no eixo do motor. Balanceamento que o mandril de uma furadeira comum não poderia fornecer. Correto?

Offline F.Gilii

  • Administrador
  • CNCMASTER
  • *******
  • Posts: 13795
  • Sexo: Masculino
  • Consultoria, Automação e Construção de Máquinas
  • Cidade - UF: Atibaia - SP
  • Nome:: Fabio Gilii
  • Profissão: Tec. Mecanica de Precisão
Re: Spindle com Inversor de frequência
« Resposta #104 Online: 13 de Abril de 2009, 12:10 »
Pelo que entendi será então necessário utilizar o motor AC (apesar de seu peso) para usinar placas de fenolite, fibra de vidro (PCI) ou madeira porque ele poderá atingir rotação mais elevada.
Não necessáriamente um motor AC - quem manda é a ferramenta que vais usar e o material a ser usinado.

Citar
O que você acha de usar um eixo secundário acoplado por polias e correias de borracha para multiplicar a rotação do motor DC?
Uma solução largamente empregada...

Citar
Então o peso do spindle + carro que o motor do eixo Z terá que tracionar será muito elevado. Mais peso = motores de passo maiores = mais dinheiro.
Bem, eu procuro enxergar a necessidade em primeiro lugar - o bolso vem bem depois já que custo é relativo.
Se a necessidade manda...

Citar
Outro ponto é o mandril. Após seus comentários, acredito que para altas rotações o balanceamento seria melhor com um mandril torneado para tal fim no eixo do motor. Balanceamento que o mandril de uma furadeira comum não poderia fornecer. Correto?
É por isso que sempre que puder se opta por usar pinça...além dum melhor balanceamento, consegue-se uma melhor fixação da ferramenta, e consequentemente maior rigidez do conjunto.